quinta-feira, 21 de maio de 2015

Saibam mais sobre a HOMICIDE


Surpreendam-se com o grindcore tocado pela galera da Homicide. O trio catarinense, fundado em 2006 pelos amigos Marlon Joy e William Longen, tocavam no estilo thrashcore, passaram por algumas formações chegaram a formação atual, com a entrada do Diego. Completaram 8 anos de estrada no final de 2014, agora bem mais experientes e amadurecidos musicalmente, chegaram onde queriam em estilo musical, que é o grindcore. Com um álbum demo "Total Decay", dois tributos, a "Disrupt" e "Napalm Death", um full lenght (em português) e o EP "Destrutivo" recém lançado, contam também com um vinil e algumas singles gravadas. São influenciados por bandas como Disrupt, Ratos de Porão, Nailbomb, Sepultura e Slayer. Não deixem de curtir a fã page da banda Homicide no facebook, seu maior canal de comunicação com o público, onde vocês ficarão por dentro de todas as novidades e lançamentos dos caras.


Saibam mais sobre a banda:


No findado ano de 2006 Marlon Joy e William Longen formaram Homicide com a intenção de tocar Thrash hardcore, influenciados por Disrupt, Ratos de Porão, Nailbomb, Sepultura, Slayer e outras bandas que curtiam na época. Alguns amigos passaram pela banda até ser definido uma formação, este período foi de boas experiências e aprendizados. No ano seguinte, 2007, a sonoridade finalmente se moldou, e naturalmente o som evoluiu de uma pegada thrashcore para o Grindcore. Neste mesmo ano a banda teve seus primeiros registros gravados em estúdio, a demo intitulada “Total Decay”, que contava com nove faixas, na época todas as letras eram em inglês.
Entre 2008 e 2009 rolaram muitas gigs ao lado de bandas nacionais e gringas, além de participações em diversas coletâneas e Split tape. Isso trouxe mais experiência, amigos e parceiros, ajudando a divulgar o nome da banda pelo cenário grindcore.
Em meados de 2009 passou por um período de inatividade que durou cerca de dois anos, retomando as atividades somente no fim do ano de 2011. Com o retorno a banda gravou o full length “O que o cerca está morto”, álbum com dezoito faixas de grindcore caótico, lançado em 2012 com o apoio de diversos selos de várias partes do Brasil (Dëtësto Records, Carnificina Records, Cianeto Records, Terceiro Mundo Chaos Discos e Moriguti Records.). Este lançamento teve uma ótima aceitação e excelente repercussão nacional e internacional. Foi lançado também um clipe da faixa “É tudo sobre a informação”, gravado e editado com o apoio de Calone Hoffmann.


Line-up:

Diego: Guitarra e vocal
Marlon: Bateria
William: Vocais

Track list "Destrutivo":

8. Sistema 


O período que seguiu foi de shows, divulgação do full length e também criação de novas composições. Assim nascia o EP “Destrutivo” (Terceiro Mundo Chaos e Dëtësto Records), lançado em 2014. O EP foi gravado, mixado e masterizado de forma totalmente independente pela própria banda em seu Home Studio. Processo este que durou de novembro de 2013 a fevereiro de 2014. O clipe de “Arma Biológica” foi novamente produzido e editado por Calone Hoffmann.
Recentemente a banda gravou seu terceiro videoclipe, da música “Escolha Errada”, faixa também presente no EP “Destrutivo”, produzido e dirigido por Marcelo Mancha.
Crust/Grindcore attack since 2006!


Vídeo:

"Arma Biológica"



Contato:


Bandcamp/Homicide